Número total de visualizações de página

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

O Natal da Arqueologia...

Realizámos, mais uma vez, o nosso almoço de Natal...no campo.
















terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Curso Livre de Arqueozoologia - Universidade de Évora
























Limite de 18 vagas.

Inscrição e pagamentos até ao dia 20 de Janeiro de 2012.

O valor da inscrição é de 55€ para alunos activos da Universidade de Évora e 65€ para os restantes participantes.

Pagamento da inscrição: presencialmente no CHAIA, por multibanco ou transferência na conta nº 0035 0297 0006796113073 da Caixa Geral de Depósitos.

Será necessária a apresentação do talão de pagamento do multibanco a anexar à ficha de inscrição.

Apenas serão emitidos justificativos e/ou certificados de presença, mediante inscrição prévia até dia 20 de Janeiro de 2012 e assinatura das respectivas folhas de presenças.

Para mais informações e inscrição consultar:

http://www.chaia.uevora.pt/

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Provas de Doutoramento em Arqueologia

André Carneiro, docente do Departamento de História, defendeu ontem a sua tese de Doutoramento, na Universidade de Évora, tendo sido aprovado, com Louvor e Distinção, com a classificação final de 20 Valores.
A tese, "Povoamento Rural no Alto Alentejo em Época Romana. Lugares, Tempos e Pessoas. Vectores Estruturantes Durante o Império e Antiguidade Tardia" foi avaliada por um Júri constituído pelos seguintes professores:
Presidente do Júri:
• Doutora Ausenda da Assunção Cascalheira de Cáceres Balbino, Professora Catedrática da Universidade de Évora (por delegação do Director do IIFA)
Vogais:
• Doutor Jorge Manuel Pestana Forte de Oliveira, Professor Associado c/ Agregação da Universidade de Évora, Orientador
• Doutor Carlos Fabião, Professor Associado da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, Orientador
• Doutor João Pedro Pereira da Costa Bernardes, Professor Associado da Universidade do Algarve
• Doutor Amílcar Manuel Ribeiro Guerra, Professor Auxiliar da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa
• Doutora Helena Maria Gomes Catarino, Professora Auxiliar da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra
• Doutora Leonor Maria Pereira Rocha, Professora Auxiliar da Universidade de Évora




































Felicitamos o novo Doutor pelo excelente trabalho e brilhante defesa.

sábado, 10 de dezembro de 2011

Ciclo de Conferências do programa de Doutoramento em Arqueologia (2)

Conferência de João Carlos Caninas

A evolução do conhecimento acerca do megalitismo na região de Castelo Branco desde os finais do séc. XIX: um olhar geográfico.





quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

4ª Fase de candidaturas a reingressos em dissertação na UE


















Em conformidade com despacho nº86/2011- Adenda a calendário escolar, dia 10 de Dezembro irá abrir a 4ª fase de candidaturas que se destina apenas a reingressos em dissertação.


As candidaturas irão decorrer até 8 de Janeiro de 2012.
Os alunos a reingressar nesta fase terão que entregar os projectos de dissertação até 15 de Abril de 2012 e terão que entregar as dissertações até 6 de Fevereiro de 2013.

domingo, 4 de dezembro de 2011

Colóquio: QUE FUTURO PARA A ARQUEOLOGIA EM PORTUGAL?






































Organização: Associação dos Arqueólogos Portugueses

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Ano Novo, Coisas Velhas...(9)

Os alunos de Arqueologia da Universidade de Évora (1º e 2º Ciclo) estão de novo no campo no âmbito das disciplinas de Práticas Arqueológicas e Métodos e Técnicas de Prospecção Arqueológica e Análise do Território I.
Inseridos nos projectos de investigação (PNTA) em curso, da responsabilidade cientifica de docentes e investigadores da UE, entre o litoral e o interior, entre a serra e a planície, os alunos têm vindo a perceber as dificuldades inerentes à prospecção arqueológica... os métodos...as técnicas... a paisagem...os sítios!













sábado, 26 de novembro de 2011

Ciclo de Conferências do programa de Doutoramento em Arqueologia (1)

No âmbito do programa de doutoramento em Arqueologia da Universidade de Évora, os doutorandos têm vindo a realizar conferências destinadas aos alunos de arqueologia (1º e 2º Ciclos) e ao público em geral.
O Dr. João Marques falou recentemente do seu trabalho:  "O estudo do povoamento rural durante a Idade Média no troço médio do vale do Guadiana".



terça-feira, 22 de novembro de 2011

X Congresso Internacional "A Cerâmica Medieval no Mediterrâneo"

















O X Congresso Internacional "A Cerâmica Medieval no Mediterrâneo" realiza-se entre os dias 22 e 27 de Outubro de 2012, em Silves, sendo organizado no âmbito de uma parceria entre a Câmara Municipal de Silves, a Associação Internacional para o Estudo da Cerâmica Medieval no Mediterrâneo, o Campo Arqueológico de Mértola e o Centro de Estudos Arqueológicos das Universidades de Coimbra e Porto.

CALENDÁRIO:

1 de Novembro – 31 de Janeiro de 2012 - Recepção de propostas de comunicação/poster.


Março de 2012 - Comunicação da aceitação das propostas.


1 Abril de 2012 – 22 de Outubro de 2012 - Divulgação do programa do congresso e inscrição dos participantes.

22 a 27 de Outubro de 2012 - Realização do congresso.


As propostas de comunicação e poster devem constar de:
Autor(es) e Título;
Resumo da comunicação (entre 1500 e 2000 caracteres);
Indicação da tipologia da apresentação (trabalho de síntese, comunicação, poster);
Tema em que se enquadra;
Curriculum vitae (incluindo bibliografia dos autores).

A documentação deverá ser enviada em formato Word (.doc) ao Presidente (gelichi@unive.it), à Vice-Presidente (susanagomez@sapo.pt) e ao Secretário (thiriot@mmsh.univ-aix.fr) ou aos membros dos comités nacionais da AIECM2.


Os trabalhos colectivos terão preferência em relação aos individuais.

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Torre das Águias (Brotas, Mora)

A Torre das Águias localiza-se no concelho de Mora, freguesia de Brotas.
Foi edificada no séc. XVI na Vila das Águias (que foi sede de concelho entre os séc. XIV e XVI).
Classificada como Monumento Nacional desde 1910 (DG nº 136 de 23 de Junho de 1910) encontra-se actualmente bastante degradada devido à ausência trabalhos de reabilitação e restauro.

















http://www.igespar.pt/pt/patrimonio/pesquisa/geral/patrimonioimovel/detail/70383/