Número total de visualizações de página

segunda-feira, 3 de maio de 2010

Publicações IV



"Ao cozinhar contributos de áreas diferentes como a Genética, a Arqueologia, a Antropologia, a História e até a Climatologia, este livro oferece uma outra visão de uma outra memória que vamos deixando impressa neste mundo: seja pelos genes, seja pela língua, seja pelas viagens, seja pelas relações interpessoais, seja, afinal, por um pouco de tudo isto. Cada homem é um pedacinho de espécie, essencialmente porque a variabilidade genética tem um significado evolutivo. Basicamente, não se pode compreender a evolução sem compreender a variação. Afinal, não existem estereótipos ao nível do ADN; o que nos interessa é conhecer a variação como resultado do processo evolutivo" (p.8)

Sem comentários:

Enviar um comentário