Número total de visualizações de página

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Encontro “Compreender a paisagem cultural do Tejo e os seus valores”

Dia 19 de Fevereiro de 2011 (sábado), com início às 09h00 (registo a partir das 08h30) na sede da Sociedade de Geografia de Lisboa, Rua das Portas de S. Antão, 100. Lisboa.

08h30 – Registo
(1) Abertura (09h00/09h30)
- Primeiras palavras, Prof. Cat. Luís Aires-Barros (Presidente da Sociedade de Geografia de Lisboa).

- ”Da ideia da candidatura do Tejo ibérico à inscrição na Lista de Património Mundial da UNESCO”, Dr.ª Barbara Palomares (Presidente da Direção da Associação Tagus Universalis Espanha) (10 min).

- ”O roteiro para a fundamentação da candidatura do Tejo ibérico”, Alm José Bastos Saldanha (Presidente da Direção da Associação Tagus Universalis Portugal) (10 min).

(2) Painel 1 – “A paisagem e o Tejo” (09h30/11h00)

Moderador, Prof. Cat. Luís Aires-Barros (Presidente da Sociedade de Geografia de Lisboa).

- “Os conceitos de paisagem da UNESCO e do Conselho Europeu e o processo de candidatura transnacional à inscrição na Lista de Património Mundial”, Dr. Gonçalo Couceiro (Diretor do Instituto de Gestão do Património e Arquitectónico e Arqueológico) (15 min).

- “O caso da paisagem cultural do Alto Douro Vinhateiro”, Prof doutor Fernando Bianchi de Aguiar (15 min).

- “As unidades de paisagem no Tejo Português: contributo para a delimitação da paisagem cultural”, Prof. doutor Alexandre Cancela d’Abreu (15 min).

Debate e comentários conclusivos (30 min).

Intervalo (11h00/11h30)

(3) Painel 2 – “A água: o elemento essencial” (11h30/13h00)

Moderador, Prof. Cat. Francisco Nunes Correia (docente do Instituto Superior Técnico).

- “Enquadramento da gestão dos recursos hídricos no contexto internacional e europeu”, individualidade a confirmar (15 min).

- “Desafios e respostas para enfrentar a escassez e a seca nas regiões hidrográficas luso-espanholas”, Eng. Adérito Mendes (Instituto da Água) (15 min).

- ”Gestão dos recursos hídricos na Região Hidrográfica do Tejo: dos conceitos à prática”, Eng.ª Simone Pio (Vice-presidente da ARH do Tejo) (15 min).

- ”Água e biodiversidade: a sustentabilidade ecossistémica do Tejo”, Dr. João Carlos Farinha (Diretor do Departamento de Gestão de Áreas Classificadas de Zonas Húmidas do Instituto da Conservação da Natureza e da Biodiversidade) (15 min).

Debate e comentários conclusivos (30 min).

Almoço (13h00/14h30)

(4) Painel 3 – “Tejo: Interação entre Natureza e comunidades” (14h30/17h00)

Moderador, Prof. doutor João Ferrão (ICS/UL).

- ”Tejo: a gestão dos recursos hídricos transfronteiriços”, Embaixador Gonçalo Santa Clara Gomes (Presidente da Comissão para Acompanhamento e Desenvolvimento da Convenção de Albufeira) (15 min).

- ”Como harmonizar os critérios de definição dos limites da paisagem cultural do Tejo com opções estratégicas de desenvolvimento das regiões do Centro, do Oeste e Vale do Tejo e do Alentejo?”, Arq.ª Teresa Almeida (Presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional de Lisboa e Vale do Tejo) (15 min).

- “Paisagem cultural: o vínculo espiritual na conservação dos valores naturais do Tejo”, Eng. João Caninas (Presidente da Associação de Estudos do Alto Tejo) (15 min).

- ”O uso milenar dos espaços agrícolas e florestais do Tejo e a requalificação sustentável da ruralidade, dos processos produtivos tradicionais e das artes e dos ofícios afins”, Eng. Eugénio Sequeira (Sociedade de Geografia de Lisboa) (15 min).

- “O Tejo: lugar inquieto de memórias, identidades e culturas”, Dr. António Maia Nabais (Presidente da Associação dos Amigos do Tejo) (15 min).

- ”A construção da paisagem cultural como instrumento de afirmação da cidadania e de coesão social das comunidades: o elo essencial na proteção e valorização do património natural e cultural (material e imaterial)”, Prof.ª doutora Graça Saraiva (docente da Faculdade de Arquitectura de Lisboa) (15 min).

- ”Que património do Tejo deixamos aos vindouros?”, Doutor Carlos Blazquez Herrero (Diretor do Centro UNESCO de Arágon) (20 min).

Debate e comentários conclusivos (30 min).

(5) Encerramento (17h00/17h15)

- ”O início da caminhada”, CAlm José Bastos Saldanha (Presidente da ATUP).

Palavras de encerramento, Prof. cat. Luís Aires-Barros (Presidente da Sociedade de Geografia de Lisboa).

Sem comentários:

Enviar um comentário